Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 JOGOS PERDIDOS
 The Jenniffers - O novo rock!
 Distintivos!


 
 
No Esquinado - Curiosidades futebolísticas e estatísticas sobre futebol com o Selo JP


NO ESQUINADO extinto!

Pessoal,

Como todos perceberam, o NO ESQUINADO está sem atividades e esse blog ficará assim. Atualmente só estamos atendendo no www.jogosperdidos.zip.net e em breve mudaremos de casa. Avisaremos por aqui, corrreto?

Equipe Jogos Perdidos



Escrito por Algum membro do JP às 11h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



EC São Bernardo quebra tabu na Segundona sub-20!

Olá pessoal!

O Esporte Clube São Bernardo tem feito belíssima campanha no Campeonato Paulista sub-20 da 2ªdivisão, inclusive quebrando um tabu: desde 1999 a equipe não chegava entre as quatro melhores colocadas de uma competição promovida pela FPF. Naquele ano, a equipe do ABC Paulista ficou na quarta colocação entre 44 participantes. O formato do torneio era bastante diferente do campeonato 2010, e as quatro melhores equipes se enfrentaram em jogos de ida e volta num Quadrangular decisivo.

Confira a campanha do alvi-negro de São Bernardo do Campo em 1999:

PRIMEIRA FASE
19/06/99 Guarujá 0-0 São Bernardo
26/06/99 São Bernardo 0-0 Palestra
03/07/99 Jabaquara 0-0 São Bernardo
17/07/99 São Bernardo 2-2 Jabaquara
24/07/99 Palestra 1-2 São Bernardo
31/07/99 São Bernardo 4-1 Guarujá
SEGUNDA FASE
15/08/99 São Bernardo 2-0 Guaçuano
21/08/99 Flamengo 2-2 São Bernardo
28/08/99 São Bernardo 1-1 ECUS
04/09/99 ECUS 1-0 São Bernardo
07/09/99 São Bernardo 2-1 Flamengo
11/09/99 Guaçuano 1-2 São Bernardo
TERCEIRA FASE
18/09/99 São Bernardo 1-1 Elosport
25/09/99 São Bernardo 0-0 Jabaquara
02/10/99 Capivariano 2-1 São Bernardo
09/10/99 São Bernardo 2-1 Capivariano
16/10/99 Jabaquara 0-1 São Bernardo
23/10/99 Elosport 1-4 São Bernardo
QUADRANGULAR FINAL
30/10/99 São Bernardo 2-0 Santa Ritense
06/11/99 São Bernardo 0-0 ECUS
13/11/99 Guapira 3-1 São Bernardo
20/11/99 São Bernardo 0-0 Guapira
27/11/99 ECUS 3-0 São Bernardo
04/12/99 Santa Ritense 4-0 São Bernardo

O Bernô jogou 24 vezes, somando 9 vitórias, 10 empates e 5 derrotas. A equipe marcou 29 gols e sofreu 25. Em tempo, o Guapira foi o campeão daquele ano, com a equipe da Santa Ritense ficando com o vice-campeonato... curiosamente duas equipes que já se afastaram do profissionalismo.

O time perdeu o primeiro jogo das semi-finais desse ano contra a Internacional de Limeira no último sábado por 1x0. Mas uma vitória simples no próximo final de semana leva o São Bernardo para a final da competição.

Até a próxima!

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 04h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



NO ESQUINADO, Placar Esportivo #2!

Fala, pessoal!

Depois de muito esforço, finalmente está à venda o número #2 do único Placar Esportivo do Brasil, a revista NO ESQUINADO! Para quem não conhece, a revista traz resultados e fichas técnicas completas de todos os campeonatos profissionais que estão rolando pelo Brasil. Nessa segunda edição também temos muitos campeonatos internacionais e matérias especiais com texto e fotos sobre jogos das divisões de acesso do futebol paulista e brasileiro. São 68 páginas de informação, muitas vezes exclusiva.

O melhor é que você pode comprar de qualquer parte do território nacional acessando o endereço www.jogosperdidos.com.br e efetuando o pagamento via PagSeguro do UOL, com cartão de débito, crédito ou boleto bancário. O envio será feito pelo correio. O valor do exemplar é o mesmo: R$ 10,00.

E a revista já está disponível nos pontos de venda de São Paulo:

Centro: Banca República, Praça da República, s/nº - em frente ao nº 32 (fica na esquina com a Avenida São Luis);

Paraíso: Banca Amadeu Amaral, Praça Amadeu Amaral, nº 47; (fica próximo ao Shopping Paulista);

Tatuapé: Banca São José, Largo São José do Maranhão, s/nº (fica no começo da Rua Antônio de Barros).

Para quem quiser tirar qualquer tipo de dúvida, nosso e-mail é noesquinado@jogosperdidos.com.br .

Esperamos que todos possam curtir mais esse lançamento!

Abraços!

Equipe No Esquinado



Escrito por Algum membro do JP às 13h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



NO ESQUINADO, o Placar Esportivo do Jogos Perdidos

Fala pessoal!

Hoje temos o enorme prazer de anunciar que um sonho antigo do JP finalmente se tornou realidade. Depois de dois meses de árduo trabalho, a revista NO ESQUINADO nasceu para os "órfãos" dos antigos placares esportivos dos anos 70/80.

Como vivemos num país em que a grande maioria dos jogos válidos por campeonatos profissionais nem sequer é citada pelos grandes veículos, resolvemos compilar numa edição mensal todos os jogos realizados por campeonatos profissionais pelo Brasil. Nessa primeira edição, que tem resultados de jogos de 25/06 até 26/07, são mais de 400 fichas técnicas (95% delas completas) em 40 páginas de pura informação.

A revista NO ESQUINADO está à venda pela internet no endereço: www.jogosperdidos.com.br , com pagamento via PagSeguro do Uol, com opções de cartão de débito e boleto bancário... e em breve também cartão de crédito.

Para quem é de São Paulo capital, a partir de segunda-feira a revista pode ser encontrada na loja de Mangás da Rua Galvão Bueno 17, 1º andar, loja 37, bairro da Liberdade.

E também em quatro bancas de jornais e revistas:

Centro: Banca República, Praça da República, s/nº (em frente ao nº 32);

Aeroporto: Banca Aeroporto, Rua Otávio Tarquínio de Sousa, nº 223;

Paraíso: Banca Amadeu Amaral, Praça Amadeu Amaral, s/nº;

Tatuapé: Banca São José, Largo São José do Maranhão, s/nº (Fica no começo da Antônio de Barros).

O NO ESQUINADO #02 já está sendo preparado, mas dependemos muito de todos os verdadeiros amantes do futebol, já que por ser uma produção "independente" a divulgação dos amigos será essencial. Ficamos à disposição para qualquer esclarecimento ou dúvidas por aqui ou no e-mail .noesquinado@jogosperdidos.com.br

E esperamos que gostem de ler o NO ESQUINADO tanto quanto nós curtimos montar essa primeira edição.

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 21h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



EC São Bernardo x Jabaquara AC em Campeonatos Paulistas

Olá pessoal!

No próximo domingo teremos a partida entre EC São Bernardo x Jabaquara pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Esse foi um confronto muito comum nos anos 90, quando as duas equipes disputaram as mesmas competições. De 1990 até 1999, somente em 1994 os dois times não se enfrentaram.

Com o rebaixamento do Bernô para a Terceira Divisão estadual em 1990, lugar que o Jabuca já ocupava desde 1983, os confrontos se tornaram inevitáveis. Na "primeira fase" do duelo, que aconteceu de 1990 até 1993 com 10 jogos, o time do ABC paulista começou dominando com cinco jogos invictos, e depois o Jabuca conseguiu equilibrar as ações. Mas na "segunda fase" do confronto, que foi de 1995 até 1999, o domínio foi absoluto do time santista.

Em virtude das pífias campanhas do Bernô no final da década, o domínio jabaquarense foi avassalador. Nos 10 jogos disputados na época o alvinegro ganhou somente o primeiro, e foi derrotado sete vezes nos nove jogos restantes. Segue agora a história completa desse duelo em campeonatos paulistas:

29/07/90 EC São Bernardo 1-0 Jabaquara
16/09/90 Jabaquara 1-2 EC São Bernardo
14/04/91 Jabaquara 0-0 EC São Bernardo
26/05/91 EC São Bernardo 1-0 Jabaquara
29/03/92 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
17/05/92 Jabaquara 1-0 EC São Bernardo
04/04/93 EC São Bernardo 1-1 Jabaquara
16/05/93 Jabaquara 1-1 EC São Bernardo
31/10/93 Jabaquara 4-3 EC São Bernardo
21/11/93 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
11/06/95 Jabaquara 0-1 EC São Bernardo
24/09/95 EC São Bernardo 0-0 Jabaquara
21/04/96 EC São Bernardo 1-2 Jabaquara
28/07/96 Jabaquara 4-0 EC São Bernardo
06/07/97 Jabaquara 3-1 EC São Bernardo
20/08/97 EC São Bernardo 0-2 Jabaquara
31/05/98 Jabaquara 3-0 EC São Bernardo
06/09/98 EC São Bernardo 0-1 Jabaquara
10/07/99 EC São Bernardo 1-1 Jabaquara
29/08/99 Jabaquara 3-1 EC São Bernardo

Abraços!

Fernando



Escrito por Jogos Pedidos às 15h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Palestra Campeão da Segunda Divisão de Juniores 1992!

Fala pessoal!

Nossa, esse é o primeiro post do ano aqui no NO ESQUINADO! Tudo bem, demoramos para voltar aqui, mas agora esperamos voltar de vez. E hoje é para um post histórico, pois além do aniversário do Corinthians e do Noroeste, o dia 1º de setembro é bastante comemorado pelos torcedores do Palestra de São Bernardo. O time, fundado em 1935, completa nesse ano de 2009 74 anos de fundação. Mas o time nunca conseguiu um título no profissionalismo em torneios organizados pela FPF. O único título do clube foi na Segunda Divisão de Juniores de 1992. segue abaixo a campanha do time nessa conquista histórica e única para a equipe palestrina.

Primeira Fase

24/05/92 Monte Negro 4-3 Palestra
30/05/92 Palestra 1-0 Jabaquara
07/06/92 EC São Bernardo 0-2 Palestra
13/06/92 Palestra 0-0 EC São Bernardo
21/06/92 Jabaquara 1-0 Palestra
27/06/92 Palestra 3-2 Monte Negro

Segunda Fase

19/07/92 Palestra 0-0 União Suzano
25/07/92 União Suzano 0-1 Palestra
01/08/92 Palestra 0-0 Esportiva
08/08/92 Esportiva 0-2 Palestra

Semi-Finais

29/08/92 Palestra 0-0 Amparo
05/09/92 Amparo 0-1 Palestra

Final

20/09/92 Linense 0-0 Palestra
26/09/92 Palestra 3-1 Linense

O time disputou 14 jogos, com 7 vitórias, 5 empates e apenas 2 derrotas. Marcou 16 gols e sofreu apenas 8 tentos. A equipe ficou invicta em casa durante a competição. E quem sabe nesse ano de 2009, com a boa campanha do time na Segundona, a equipe não ganhe seu primeiro título no profissionalismo? É o que sua torcida precisa...

Até a próxima

Fernando!



Escrito por Jogos Pedidos às 20h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Novo escudinho do Pão de Açúcar Esporte Clube, ou só PAEC mesmo...

Fala pessoal!

Hoje o post aqui no NO ESQUINADO é curto mas eficiente. Nas andanças pela internet, descobri que o Pão de Açúcar Esporte Clube está com um site novo sendo elaborado. Até aí tudo bem, mas a novidade mesmo é que o time provavelmente mudou seu escudo! Ele segue em anexo abaixo:

Novo escudinho do Pão de Açúcar Esporte Clube, ou para os mais íntimos só PAEC mesmo. Reprodução: Site oficial do PAEC.

Será que a partir de 2009 a equipe vai querer ser chamada de PAEC mesmo? Todas as indicações dizem que sim. Mas vamos aguardar mesmo, pois depois de novo estádio para mandar seus jogos e novo escudo, será que as novidades acabam por aí?

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 18h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Pão de Açúcar vai jogar a Série A3 em São Paulo!

Fala pessoal!

Escudo do Pão de Açúcar Esporte Clube, da cidade de São Paulo. Foto: Fernando Martinez.

Só para constar, hoje o JOGOS PERDIDOS deu um furo de reportagem e faço questão de falar disso aqui no NO ESQUINADO. No "Programa Jogos Perdidos", que rola todas às terças de manhã na ClicTV, o Coronel Marinho , chefe da arbitragem e responsável pela fiscalização dos estádios paulistanos, foi entrevistado. Com uma ótima participação do Orlando e do Emerson, ele confirmou que o Pão de Açúcar Esporte Clube jogará a Série A-3 de 2009 na cidade de São Paulo. Isso mesmo, o time não mandará mais suas partidas na cidade de Embu das Artes e resolveu finalmente disputar o futebol profissional na sua sede. E o mais legal é que o time jogará suas pelejas na A-3 no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera.

Tudo em virtude da resolução da FPF que impede os times de jogarem os campeonatos profissionais da Federação fora da sua cidade de origem. O Orlando tinha informações da diretoria do PAEC que eles mandariam em Embu mesmo assim, e pagariam a taxa de 70 mil reais, mas no programa, o Cel. Marinho confirmou que esse assunto foi discutido no arbitral que rolou semana passada. Será a primeira vez que o Ícaro de Castro Melo sediará partidas regulares de uma competição profissional.

Detalhe do Estádio Ícaro de Castro Melo, que sediará jogos do Pão de Açúcar em 2009. Foto: Fernando Martinez.

Desde 2002, quando o estádio foi utilizado na Copa São Paulo, tinha sido proibida a realização de partida de futebol por ali. Algo que sempre achamos um absurdo, pois um estádio tão legal, com ótima localização e que pode sediar fácil jogos até da Série A-1 tinha que ser utilizado normalmente. Acreditamos na palavra do Cel.Marinho, e desde já damos os parabéns ao PAEC, pois desde a ida do Barcelona paulistano para Ibiúna, após a temporada 2004, nenhum time diferente sediou partidas na capital paulistana. E agora podemos realmente dizer que São Paulo terá sete diferentes equipes profissionais jogando aqui novamente, já que o Palmeiras B é uma filial e o Red Bull não manda suas partidas aqui.

Mas já estamos aguardando o primeiro jogo do time no Ibirapuera... imagina se vamos perder isso!

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 21h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Times acreanos na Série B do Brasileiro

Opa,

Depois de algum tempo, temos finalmente mais um post aqui no NO ESQUINADO, o blog-irmão do JOGOS PERDIDOS. E hoje o post é para iluminar a cabeça de muita gente por aí, que acredita que nunca tivemos times do Acre jogando a Série B Nacional. Digo isso pois vejo em vários veículos da mídia frases como "O Rio Branco lidera seu grupo na terceira fase e é a melhor chance do Acre chegar pela primeira vez à Série B".

Isso é aquele velho esquema de falta de pesquisa em informações. Tanto o Rio Branco, que disputou por três vezes a Segundona, quanto o Independência, já jogaram o segundo nível do campeonato Brasileiro. O Rio Branco em 1989, 1990 e 1991 e o Independência em 1991. Coloco aqui um pequeno resumo das campanhas dos times nesses campeonatos.

RIO BRANCO FC

No ano de 1989, o time do Rio Branco fez ótima campanha numa Série B que foi disputada por um total de 96 times (recorde de equipes num nacional só superado pela Copa João Havelange de 2000 com 114 times e pela Série C de 1995 com 108). Se classificou em primeiro lugar para a Segunda Fase num grupo que tinha mais cinco times. E a equipe foi longe, passando por Ceilândia na segunda fase e só parando na terceira fase quando foi eliminado pelo Ceará.

Mas a campanha do time acabou classificando a equipe para a Série B de 1990, pois seu 16º lugar na tábua de classificação final garantiu uma vaga, que era reservada aos primeiros 22 colocados. No ano de 1990, numa enxuta Série B com 24 times participantes, caiu num grupo nada regionalizado, com Anapolina, Grêmio Maringá, Botafogo/SP, XV de Piracicaba e Guarani. E nesse ano conseguiu apenas duas vitórias (ambas em casa, contra Anapolina e Guarani) e ficou na 19ª colocação geral.

Já em 1991 o time fez uma campanha ruim numa Série B com 64 equipes. Voltando a ter um grupo regionalizado, conseguiu somente uma vitória contra o Rio Negro/AM e não passou à Segunda Fase, ficando em 54º na classificação final.

INDEPENDÊNCIA FC

Já o simpático time do Independência disputou apenas uma vez a Série B, no ano de 1991. O time caiu no mesmo grupo do Rio Branco e fez uma campanha bem ruim naquele ano. Marcou apenas sete pontos em 14 jogos, e ganhou apenas um jogo, em casa contra o Maranhão. Ficou em último do grupo e em último lugar na classificação final do campeonato, justamente o 64º lugar.

Então tivemos já quatro participações acreanas na Série B do Brasileiro, e se o Rio Branco subir (afinal de contas, está fazendo para isso), não será a primeira vez que, aquela antiga parte da Bolívia comprada pelo Brasil, jogará no segundo escalão do futebol nacional. E querem saber? Seria interessantíssimo ver um time do Acre na Segundona...

E a todos que escrevem errado por aí: Pesquisa sempre!!

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 12h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Atlético Araçatuba faz história jogando em casa!

Fala pessoal!

Hoje o post aqui no NO ESQUINADO é para regitrar uma marca difícil de se alcançar no futebol competitivo de hoje em dia. Uma marca que poucos times podem se orgulhar de ter conquistado e que é um incrível feito, ainda mais se tratando do futebol paulista atual. Estou falando do time do Atlético Esportivo Araçatuba, que no último dia 1º de agosto, no empate contra o Américo, completou a incrível marca de 27 jogos seguidos sem perder em casa, em jogos oficiais pelo Campeonato Paulista.

O time que começou a jogar a Segunda Divisão desde 2005, começou aquele campeonato perdendo três partidas de cinco disputadas em casa, mas desde o dia 12 de junho de 2005, quando a equipe foi derrotada no Adhemar de Barros por 2 a 1 pelo Penapolense, nunca mais perdeu em casa. A sequência invicta começou em 26 de junho numa vitória contra o Assisense por 3 a 1. E até o dia 1º de agosto de 2008, o time não perdeu mais.

São exatamente 1147 dias sem derrota em seu estádio, ou então três anos, um mês e vinte e um dias sem sair de campo com pelo menos um ponto na bagagem. Nesse meio tempo a equipe fez 27 jogos por lá, vencendo 19 e empatando outros 8. O Atlético marcou 63 gols e sofreu apenas 23. Bom, vale registrar que o jogo contra o Flamengo de Pirajuí nesse ano foi posteriormente cancelado para efeito de classificação, mas entra na série do time. E agora segue a lista completa dos jogos invictos da equipe de Araçatuba em seus domínios:

  • 26/06/2005 Atlético Araçatuba 3-1 Jalesense
  • 10/06/2005 Atlético Araçatuba 1-1 Batatais
  • 16/04/2006 Atlético Araçatuba 2-0 Assisense
  • 28/04/2006 Atlético Araçatuba 4-2 Oeste Paulista
  • 05/05/2006 Atlético Araçatuba 1-1 Presidente Prudente
  • 27/05/2006 Atlético Araçatuba 0-0 Penapolense
  • 23/06/2006 Atlético Araçatuba 2-0 Ilha Solteira
  • 23/07/2006 Atlético Araçatuba 3-0 Linense
  • 13/04/2007 Atlético Araçatuba 4-1 Presidente Prudente
  • 20/04/2007 Atlético Araçatuba 0-0 Tupã
  • 04/05/2007 Atlético Araçatuba 2-2 Oeste Paulista
  • 18/05/2007 Atlético Araçatuba 3-0 Paraguaçuense
  • 26/05/2007 Atlético Araçatuba 3-1 Assisense
  • 17/06/2007 Atlético Araçatuba 2-1 Ranchariense
  • 01/07/2007 Atlético Araçatuba 3-0 Ilha Solteira
  • 13/07/2007 Atlético Araçatuba 1-0 Barretos
  • 27/07/2007 Atlético Araçatuba 1-1 Lemense
  • 10/08/2007 Atlético Araçatuba 2-1 Itapirense
  • 24/08/2007 Atlético Araçatuba 3-2 Guarulhos
  • 06/09/2007 Atlético Araçatuba 4-3 Taboão da Serra
  • 02/05/2008 Atlético Araçatuba 2-1 Flamengo
  • 09/05/2008 Atlético Araçatuba 4-0 Comercial
  • 23/05/2008 Atlético Araçatuba 2-1 Ilha Solteira
  • 13/06/2008 Atlético Araçatuba 8-2 Assisense
  • 04/07/2008 Atlético Araçatuba 0-0 Ranchariense
  • 20/07/2008 Atlético Araçatuba 2-1 Fernandópolis
  • 01/08/2008 Atlético Araçatuba 1-1 Américo

E mesmo com essa campanha incrível em casa o time ainda não conseguiu o tão sonhado acesso à Série A-3, mas por quê será? Bom, a equipe perdeu pontos preciosos em fases decisivas jogando fora de casa. Mas nessa Segundona o time tem tudo para voltar a colocar a cidade de Araçatuba na Série A do Campeonato Paulista. E com certeza o JOGOS PERDIDOS estará de olho na equipe.

E por ora é só, em breve voltaremos!

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 19h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Jabaquara x São Vicente - A História de um Tabu

Buenas!

Enfim vou fazer minha estréia aqui NO ESQUINADO, e aproveito o final da segundona paulista para falar sobre um clássico regional e um tabu. Mas existe clássico e tabu na segunda divisão? Claro, pois o que faz um jogo virar clássico não é somente o enfrentamento de duas grandes potências do futebol, mas sim o enfrentamento de duas equipes que possuam algo em comum. Os clássicos na segundona surgem geralmente dos confrontos locais, quando times de cidades vizinhas, ou até mesmo da mesma cidade medem suas forças.

Nesse jogos, a vontade de vencer o adversário sempre cresce, e com isso surge a rivalidade. E nada mais saudável no futebol que rivalidade e vontade de vencer, pois são ingredientes que apimentam qualquer partida. Daí a razão desses jogos ficarem sempre interessantes e por sua vez virarem clássicos. E também nada é melhor que depois de uma bela vitória de sua equipe, você poder brincar saldavelmente com seu vizinho derrotado, no trabalho, ou num encontro casual na padaria.

E quando uma equipe começa a sempre levar vantagem sobre a outra, vem o tabu. E esse é o caso do confronto Jabaquara x São Vicente. As equipes tem histórias distintas no futebol. O velho Jabuca, ajudou a construir a história do futebol profissional paulista, sendo inclusive um dos fundadores da Federação Paulista de Futebol. Já o São Vicente preferiu o amadorismo em quase toda sua história, resolvendo ingressar no futebol profissional somente em 2002.

   x

O rivalidade e o clássico surgiram obviamente pela vizinhança entre Santos e São Vicente. E desde que o São Vicente se profissionalizou, as equipes se enfrentaram sete vezes, sendo que nunca o Jabaquara perdeu, daí o grande tabu. Acompanhe as estatísticas feitas pelo Fernando Martinez:

19/05/02 Jabaquara 4-0 São Vicente
21/07/02 São Vicente 0-3 Jabaquara
30/05/04 São Vicente 0-1 Jabaquara
04/07/04 Jabaquara 1-1 São Vicente
28/04/07 São Vicente 2-2 Jabaquara
17/06/07 Jabaquara 4-0 São Vicente
01/06/08 São Vicente 1-1 Jabaquara
20/07/08 Jabaquara  -  São Vicente
 
Geral              PG  J  V  E  D GP-GC   S
Jabaquara    15  7  4  3  0  16- 4  12
São Vicente    3  7  0  3  4  4-16 -12
 
Em Santos    PG  J  V  E  D GP-GC  S
Jabaquara      7   3  2  1   0   9- 1   8
São Vicente   1   3  0  1   2   1- 9  -8
 
Em S.Vicente PG  J  V  E  D GP-GC  S
Jabaquara       8  4   2   2  0   7- 3   4
São Vicente     2  4   0   2  2  3- 7  -4

 

Equipes do Jabaquara e São Vicente em 2007. Fotos: Emerson Ortunho.

Até o momento o Jabuca sobrou frente ao rival, são 4 vitórias e 3 empates. Em 2002, ano da estréia do clássico, o Jabaquara sobrou na B-3 (equivalente a 6ª divisão), aplicou duas goleadas no vizinho e ainda acabou campeão do torneio. Em 2003 as equipes estiveram em divisões diferentes. Em 2004, a rivalidade começou a ser criada, pois mesmo com o São Vicente fazendo uma grande campanha que garantiu o acesso da equipe para a Série A3 paulista, os vicentinos tiveram que amargar uma derrota e um empate para o Leão, coisas que só acontecem no futebol e principalmente nos clássicos. Em 2007 quando as equipes voltaram a jogar a mesma divisão, mais um empate e outra goleada do Jabaquara. Já em 2008, mesmo fazendo um fraca campanha, o Jabuca comseguiu segurar o rival no primeiro turno com um empate em São Vicente.

Lance de São Vicente 2 x 2 Jabaquara em 28/04/2007 no Masueto Pierotti. Foto: Emerson Ortunho.

Porém, no confronto que marcará a última rodada da primeira fase segundona de 2008, o tabu poderá cair por terra. O São Vicente tem uma boa equipe e ainda luta pela classificação, já o Jabaquara não tem mais nenhuma chance no campeonato, tanto que vários jogadores já foram negociados pelos seus gestores com outras equipes, deixando o elenco com poucas opções.

Com esses ingredientes, as possibilidades do São Vicente vencer o Jabaquara nunca foram tão grandes e só mesmo um milagre fará esse tabu ser mantido, mas como clássico é classico e vice-versa, tudo pode acontecer.

Bom, eu vou ficar na torcida como sempre, mas como bom desportista, digo: que vença o melhor! Pois tabus são para serem quebrados e construídos de novo.

Abraços!

Emerson



Escrito por Algum membro do JP às 22h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Amistoso x Jogo-treino: Qual a diferença?

Opa,

Temos hoje mais um post aqui no NO ESQUINADO, agora falando sobre um assunto quase que em moda ultimanente e que deixa o pessoal do JP bastante intrigado: a falta de noção da maioria das pessoas que acham que amistoso e jogo-treino é a mesma coisa. Os jogos que são noticiados são realmente o quê? Pelos textos que achamos por aí, não dá para entender nada. E analisando friamente, amistoso não tem absolutamente NADA a ver com os insuportáveis jogos-treino que profileram pelo estado. Fazendo uma boa ação, explico aqui a diferença de cada um:

  • Amistoso: jogo oficial com as duas equipes jogando com seus respectivos uniformes oficiais; trio de arbitragem uniformizado; partida com tempo oficial de 45 minutos em cada tempo, como numa partida válida por qualquer tipo de campeonato; portões abertos ao público, com cobranças de ingressos, doação de alimentos, ou de graça mesmo, mas sempre permitindo a presença do torcedor.
  • Jogo-treino: Jogo não-oficial, aonde os dois times jogam sem seus uniformes oficiais; geralmente não existe trio de arbitragem (é comum alguém da comissão técnica fazer as vezes de juiz, sem auxiliar nenhum); sem tempo oficial, jogando 40 minutos num tempo e 60 no outro; em sua maioria realizado com portões fechados ao público e às vezes até para a imprensa, ou seja não é uma partida feita para o público.

Lance do jogo amistoso entre ECUS (Sub 20) x Vitória/ES (Sub 20), com o placar final de 3 a 1 para os capixabas. Esse jogo teve cobertura do JP no dia 04/12/06. Foto: Fernando Martinez.

Agora o lance é do primeiro amistoso organizado pelo JP em sua história: a partida entre Itapirense x Amparo, na cidade de Itapira, e que terminou empatado em um gol. A cobertura completa foi publicada no dia 11/12/06. Foto: Fernando Martinez.

Acreditamos que seja clara a diferença e isso nos deixa bastante tristes, já que ninguém mais faz a distinção entre as duas modalidades de partida. Por motivos óbvios, não fazemos a cobertura de jogos-treino, e só de amistosos. Pela história do JP já tivemos a cobertura de amistosos geniais como por exemplo os jogos entre Taubaté x Volta Redonda em 2006, ECUS (Sub 20) x Vitória/ES (Sub 20) em 2006, Mogi das Cruzes (Sub 20) x CRB (Sub 20) em 2004, um genial Bahia x Sergipe em 2007 e o último deles com o jogo entre Primeira Camisa x Paulínia, na matéria do dia 15 de abril desse ano.

Amistoso entre Taubaté x Volta Redonda, que rolou numa sexta-feira cedo e teve cobertura do JP publicada em 24/12/06. Ah, o jogo foi 3 a 1 para o Voltaço. Foto: Fernando Martinez.

Amistoso entre Bahia x Sergipe, no Estádio da Fonte Nova em 2007. Isso deixa claro que só em São Paulo os times "grandes" não fazem mais amistosos. Essa cobertura foi publicada em 05/06/07. Foto: Estevan Mazzuia.

E não temos mais coberturas justamente por não conseguirmos "adivinhar" o que rolará no gramado. Já perdemos viagem achando que veríamos um amistoso e na hora H rolou jogo-treino. Na hora que vimos o acontecido, voltamos sem pestanejar. E algo que deixa claro nosso sentimento em relação a isso foi a criação do Troféu Retorno, com o amistoso Itapirense x Amparo, no final de 2006, para premiar a equipe de Itapira pela volta ao profissionalismo naquele ano. Foram feitos dois amistosos oficiais naquele dia, um dos profissionais e outro do time sub-20.

O último amistoso que apareceu no JP: Primeira Camisa 1-1 Paulínia, em cobertura do dia 15/04/08. Os times se preparavam para a Segundona e ao invés de fazerem um horrendo jogo-treino, jogaram um amistoso. Não é muito mais legal? Foto: Fernando Martinez.

E deixamos a pergunta: não poderiam voltar o grande número de amistosos que víamos no estado até meados dos anos 90? A cada final de semana sem campeonato, uma enxurrada de amistosos pipocavam pelo estado de São Paulo, muitos deles com arrecadação de alimentos e tudo mais. Não sabemos quando a história mudou, mas sentimos muita falta desse tempo.

E o pior disso é ninguém saber mais diferenciar uma coisa da outra. Com o nosso trabalho de formiguinha talvez isso um dia possa mudar e aos poucos as pessoas voltem a saber que existe muita diferença entre os horrorosos jogos-treino e os fantásticos amistosos. E aproveitamos e deixamos aqui um recado para nos avisarem de amistosos por aí. Com certeza vamos fazer o máximo para poder acompanhar algo tão raro hoje em dia.

E até a próxima!

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 17h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



E começa a Série C do Brasileiro, junto com o NO ESQUINADO!

Opa,

Esse é o primeiro post (do que esperamos que seja uma longa série) aqui no NO ESQUINADO, o mais novo blog-irmão do JOGOS PERDIDOS. Utilizando o famoso selo JP de qualidade, postaremos por aqui tudo referente a estatísticas coletadas por nós, opiniões dos membros do JP e notícias que achamos relevantes e que merecem ser contadas aparecerão por aqui. E porquê o nome NO ESQUINADO? Esquinado é um dos antigos termos para o nosso famoso escanteio. E por gostarmos de assuntos das antigas e por ser um "canto de informação" dentro do mundo JP, a escolha do nome é algo que tem tudo a ver com a nossa idéia.

E começamos com chave de ouro, falando que nesse próximo domingo começa um campeonato genial e que sempre acompanhamos de perto: o Campeonato Brasileiro da Série C. Será o último campeonato do jeito que conhecemos até hoje, pois no ano que vem o campeonato será "enxugado" e em virtude da criação da Série D, somente 20 times terão vaga na terceira divisão nacional. E teremos coberturas lá no JOGOS PERDIDOS falando dessa competição tão legal e que é responsável por matarmos tantos times para nossa querida Lista. Eu, por exemplo, já vi 33 times novos jogando a Série C em todos os tempos. E nesse ano de 2008 espero ver pelo menos mais uns 3 ou 4 novos.

E por ser um campeonato bastante desprezado pela grande mídia, as tradicionais estatísticas que vemos sobre a Série A (e que geralmente tem centenas de erros, mas isso é assunto para um post em tempo oportuno) não existem para a Série C, a não ser em cadernos antigos e anotações precisas de abnegados e amantes da história do nosso futebol "perdido".

O pessoal do JP com certeza se inclui nessa turma, e tenho uma infinidade de anotações, gráficos e estatísticas que não são vistas e mesmo que alguém as tenha, não divulga em grande escala. Então comemorando que esse "é o fim da Série C (como nós conhecemos)" (olha aí a famosa referência musical...), vamos com algumas estatísticas do campeonato (Ah, e antes que alguém nos pergunte, no ano 2000 não tivemos Série C. Tivemos sim um Campeonato Nacional monstro com 114 equipes, aonde todas poderiam ser campeãs brasileiras. Então times como o Nacional/SP, Genus e Corinthians Alagoano jogaram o primeiro nível do futebol nacional sim! Então nessas estatísticas o ano 200 não se faz presente):

Times que mais pontuaram até hoje (em 18 edições)

01. Atlético/GO, 202
02. Ferroviário/CE, 198
03. ABC/RN, 169
04. Brasil de Pelotas/RS, 169
05. Confiança/SE, 169
06. Ipatinga/MG e Nacional/AM, 160
07. Villa Nova/MG, 159
08. Treze/PB, 149
09. Botafogo/PB, 145
10. Uberlândia/MG e Tupi/MG, 138

Times que disputaram mais jogos

01. Ferroviário/CE, 134
02. Atlético/GO, 130
03. Villa Nova/MG, 117
04. Confiança/SE, 116
05. Brasil de Pelotas/RS, 114
06. Nacional/AM, 106
07. Botafogo/PB, 105
08. Rio Branco/SP, 104
09. Treze/PB e Tupi/MG, 102
10. ABC/RN, 101

Os dez melhores aproveitamentos de pontos da Série C (contando três pontos por vitória desde 1981)

01. São Caetano/SP, 75,8%
02. Fluminense/RJ, 72,7%
03. Brasiliense/DF, 71,6%
04. RS FC/RS, 69,0%
05. Criciúma/SC, 66,7%
06. Náutico/PE, 66,7%
07. União Barbarense/SP, 65,6%
08. Gama/DF, 64,2%
09. Roma/PR, 63,9%
10. Vila Nova/GO e Santo Amaro/PE, 63,3%

Maior número de vitórias

01. Ferroviário/CE, 56
02. Atlético/GO, 54
03. ABC/RN, 50
04. Brasil de Pelotas/RS, 48
05. Confiança/SE, 47
06. Ipatinga/MG, 45
07. Nacional/AM, 45
08. Villa Nova/MG, 42
09. Treze/PB, Botafogo/PB e Vila Nova/GO, 40
10. Uberlândia/MG, Itabaiana/SE e Tuna Luso/PA, 38.

Maior número de gols marcados

01. Ferroviário/CE, 199
02. Atlético/GO, 178
03. Nacional/AM, 152
04. Confiança/SE, 150
05. ABC/RN, Brasil de Pelotas/RS e Botafogo/PB, 145
06. Ipatinga/MG, 144
07. Villa Nova/MG, Treze/PB e CSA/AL, 139
08. Rio Branco/SP, 136
09. Itabaiana/SE, 132
10. Uberlândia/MG, 122

Times com maior número de participações

13 vezes
Ferroviário/CE

12 vezes
Confiança/SE

11 vezes
Nacional/AM
Villa Nova/MG
Tupi/MG
CSA/AL
Rio Branco/SP
América/RJ

Deu para perceber times tradicionais mostram sua cara nessa competição que é tão desprezada pela nossa imprensa nacional. Quem sabe esse ano, com a importância desse campeonato para a monstagem do calendário de 2009 alguém acorde e faça uma cobertura ao menos digna desse torneio. E podem ter certeza que o JP fará sua parte contando algumas histórias de partidas que não são todos que tem acesso, como já acontece desde 2004. Até hoje, 42 partidas da Série C foram mostradas por aqui, e o número só aumentará em 2008.

E logo mais tem mais post aqui no NO ESQUINADO!

Abraços

Fernando



Escrito por Algum membro do JP às 19h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]